domingo, 31 de outubro de 2010

Garotas


Tanzan e Ekido certa vez viajavam juntos por uma estrada lamacenta. 
Uma pesada chuva ainda caía, dificultando a caminhada. 
Chegando a uma curva, eles encontraram uma bela garota vestida com um quimono de seda e cinta, incapaz de cruzar a intercessão.
"Venha, menina," disse Tanzan de imediato. 
Erguendo-a em seus braços, ele a carregou atravessando o lamaçal.
Ekido não falou nada até aquela noite quando eles atingiram o alojamento do Templo. 
Então ele não mais se conteve e disse:
"Nós monges não nos aproximamos de mulheres," ele disse a Tanzan, "especialmente as jovens e belas. Isto é perigoso. Por que fez aquilo?"
"Eu deixei a garota lá," disse Tanzan. "Você ainda a está carregando?"

2 comentários:

Folhetim Cultural disse...

Olá parabéns pelo seu blog é bom saber que existem pessoas que tenham em seu blog conteúdo para os leitores eu também sou blogueiro e para janeiro terá novidades como colunas sobre esporte, comunicação, politica, espiritualidade entre outros.. e também quadros como o poeta entrevista, chá das 5, no café da manhã com poesia entre outros... este é o endereço:
informativofolhetimcultural.blogspot.com
espero que goste dele!

Ass: Magno Oliveira

Deborah de Andrade disse...

adorei o post!